Últimas

VÍDEO: Bebê é chicoteado com cipó de goiabeira por mulher e vídeo causa revolta

O bebê que aparente ter menos de um ano, ainda tenta engatinhar, mas continua sendo agredido com chicotadas de cipó de goiabeira pela suposta mãe


Um bebê que aparenta ter menos de um ano aparece chorando enquanto leva chicotadas com galho de goiabeira por uma mulher. A agressora, que parece ser a mãe da criança, age de maneira descontrolada e sem paciência. O vídeo que está circulando na internet e viralizou neste sábado (6), acabou gerando revolta nos internautas.

Nas imagens registradas por uma pessoa, mostra o momento que a criança é levada para o quarto da residência, onde continua apanhando, o bebê ainda tenta engatinhar, mas continua sendo agredido pela suposta mãe.

Quem já apanhou com galho de goiabeira sabe a dor que aquilo causa e as marcas, dependendo da força pode até queimar a pele de um adulto, imagina de uma criança que aparentar não ter nem um ano de idade.

Ainda não há informações sobre, quando e onde o vídeo foi gravado.

Violência física

Machucar criança ou adolescente, causando-lhes lesões, ferimentos, fraturas, mordidas, queimaduras, hemorragias, escoriações, traumatismos, lacerações, arranhões, inchaços, hematomas, mutilações, desnutrição e até a morte. Para esse crime, o Código Penal prevê detenção de dois meses a um ano ou multa. Caso o fato resulte em lesão corporal grave, a pena sobe para reclusão de um a quatro anos. Em caso de morte, a reclusão é de quatro a 12 anos.

Tortura – ato de constranger a criança com emprego de violência ou grave ameaça causando-lhe sofrimento físico ou mental. A pena varia entre dois e oito anos, aumentada de um sexto até um terço por tratar-se de criança ou adolescente, conforme previsão da Lei n. 9.455/1997.



Com informações e imagem via Portal Manchete AM

Nenhum comentário