Últimas

Polícia prende suspeitos da morte de crianças de 08 anos


Três suspeitos envolvidos na morte da criança Lohanny Remígio de 8 anos, durante um assalto frustrado foram presos  nesta terça-feira (16), em Manaus. Um  dos suspeitos se apresentou na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros por volta das 9h da manhã acompanhado de um advogado e familiares. Os outros dois já estavam detidos, segundo a polícia.


O homem que se entregou nesta terça-feira aparece no vídeo registrado pelas câmeras de segurança do Hospital Platão Araújo, tentando conseguir atendimento médico após o crime. Ele aparece pilotando uma moto e foi ao local para levar o comparsa que tinha sido agredido durante a tentativa de assalto.


Sobre a moto que foi usada no crime, ela teria sido emprestada por um colega de um dos suspeitos. O dono do veículo registrou um boletim de ocorrência de furto para despistar a polícia e tentar não se envolver com os suspeitos, o que é falsa comunicação de crime.


De acordo com o delegado Charles Araújo, responsável pelo caso, contou que os três estão presos com mandado de prisão preventiva.


"Houve um assalto frustrado, um dos indivíduos foi segurado pela população. Estava detido, esperando a polícia militar para fazer a detenção dele, quando o outro indivíduo que conseguiu fugir voltou com mais um cidadão com o auxílio de uma arma. E armado, com arma de fogo, passou a desferir tiros. Infelizmente, esses tiros atingiram a casa da criança, feriram o padrasto dela e levaram a criança à morte. Então houve um roubo frustrado", explicou


A respeito do homem que foi assassinado a tiros e encontrado com um bilhete tentando vinculá-lo à morte da criança, as informações são que o crime pode ter sido cometido pelo  trio como forma de despistar a polícia. A polícia não descarta essa possibilidade.


"Este fato chama atenção da gente porque o indivíduo que foi morto morava nas proximidades do local do crime, local onde os os presos também residiam e a gente tem a suspeita que os três indivíduos de hoje possam ter alguma relação com a morte desse indivíduo de domingo. As investigações estão em curso, pode ter sido uma cortina de fumaça para tentar incriminar uma terceira pessoa sobre esse crime", disse o delegado Charles Araújo.


Jordan dos Santos Vaz, de 21 anos; Emerson Leão Gonçalez, de 24 e Wilhames Felipe Teixeira de Souza, de 28, irão responder pelo crime de  Homicídio qualificado, tentativa de Homicídio ao padrasto de Lohanny que foi baleado nas costas, Roubo majorado e falsa comunicação.


Nenhum comentário