Últimas

Ação ‘Pronta Resposta’ apreende três armas e drogas em Lava Jato na Compensa



A ação ‘Pronta Resposta’, da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), apreendeu três armas de fogo, cerca de 400 gramas de cocaína e outros produtos ligados ao tráfico de drogas escondidos em um lava jato no bairro Compensa, na zona oeste de Manaus. O material ilícito foi encontrado no início da noite desta sexta-feira (14), após uma denúncia anônima.

O relato chegou pelo telefone 181, o disque-denúncia oficial da SSP-AM. As equipes policiais se deslocaram para o lava jato na rua Plínio Coelho, por volta das 18h. Segundo as informações repassadas por populares, o estabelecimento serviria de fachada para o comércio de entorpecentes e estaria abrigando supostos traficantes da área.

Incursões policiais foram realizadas nos becos e ruas das proximidades. Os policiais encontraram no estabelecimento um armário acorrentado e fechado com um cadeado, onde estavam escondidas as armas e as drogas. Ninguém foi preso até o momento.

O caso foi registrado no 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola 9 milímetros e uma pistola calibre 380, além de 45 munições de diversos calibres. Os policiais também pegaram uma balança de precisão e cerca de 400 gramas de cocaína, o equivalente a quase 200 trouxinhas do entorpecente.

 Denúncias 

Com a ação “Pronta Resposta”, o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, amplia a verificação de denúncias feitas pela população aos serviços do órgão pelo telefone 181 ou pelo site da SSP, no www.ssp.am.gov.br.

O disque-denúncia 181 funciona 24 horas por dia, inclusive aos finais de semana, em todo o estado. As ligações são gratuitas e sigilosas.

Outra forma de repassar informações é através do site da SSP, no www.ssp.am.gov.br. No serviço de mensagem, o cidadão deve relatar o nome da rua, bairro e número do local onde ocorreu o crime. Se possível, fornecendo nome ou apelido de pessoas suspeitas de atividades criminosas. Pode ainda adicionar fotografias e vídeos na denúncia, que também é sigilosa.

Para acionamentos emergenciais da polícia, a população deve ligar para o 190.

Nenhum comentário