Últimas

Prefeitura de Manaus realiza campanha ‘Faça Bonito’ com os servidores da Semed

A Prefeitura de Manaus realizou nesta terça-feira, 18/5, a campanha nacional “Faça Bonito”, com servidores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que fazem parte da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Leste 1. Com o tema “Pipoca, Cinema e Roda de Conversa: Salve uma Infância”, o evento, realizado no Centro Cultural Povos da Amazônia, no Distrito Industrial, zona Sul, contou com palestras e atividades recreativas.


O objetivo da ação foi sensibilizar os servidores a participar da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes. A campanha acontece todos os anos na rede municipal de ensino em todas as unidades escolares.

De acordo com os protocolos de segurança contra a Covid-19 dos órgãos de saúde, a ação foi realizada de forma presencial, com a participação de assessores pedagógicos da DDZ Leste1.

“Conseguimos reunir, aproximadamente, 26 assessores pedagógicos, que vão repassar as informações aos diretores, que encaminharão aos professores. Essa campanha é muito importante para cuidar e esclarecer as dúvidas das nossas crianças e adolescentes, que podem estar passando por alguma situação de abuso, que na maioria das vezes acontece na própria família. A escola é muito importante nesse papel de cuidado, orientação, ainda mais que há um ano essas crianças estão em casa”, comentou a chefe da DDZ, Maria de Jesus Atanásio.

Campanha

A campanha “Faça Bonito” é coordenada pela Gerência de Atividades Complementares e Programas Especiais (Gacpe) da Semed. De acordo com a assessora do Gacpe e coordenadora das ações de prevenção e enfrentamento das violações dos direitos humanos de crianças e adolescentes, Eliana Hayden, o assunto é abordado durante todo o ano letivo nas mais de 500 unidades de ensino da rede municipal, e é trabalhado de acordo com a modalidade de cada criança e adolescente.

“Mesmo a distância, a Semed não deixou de trabalhar a campanha com as famílias. Nós adequamos as atividades de acordo com a nossa atual realidade. Esse é um tema que não se esgota, porque todos os dias crianças sofrem algum tipo de abuso e geralmente acontece dentro de casa, no ambiente familiar, que era para ser o local protetor das crianças, por isso a escola não pode deixar de trabalhar esse tema durante todo o ano letivo e com todos os alunos, de acordo com a sua faixa etária”, disse Eliana.

 

— — —

Texto – Érica Marinho / Semed

Fotos – Eliton Santos / Semed

Disponíveis em – https://bit.ly/3eUZtgz

Nenhum comentário