Últimas

No Tinder, “Don Juan” chinês usa perfil falso para aplicar golpe em mulheres

Carinhoso, amoroso, preocupado e cuidadoso. Essas são algumas das características do homem que vem aplicando golpes em mulheres do Distrito Federal por meio de um aplicativo de relacionamentos. Ele apresenta-se com o nome de David e diz ter 36 anos, mas usa um perfil falso com fotos de um astro chinês chamado Yan Wu. O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro).


Após se envolver emocionalmente com as mulheres, David diz que vai ajudá-las a aplicarem dinheiro em moeda virtual e pede para que as vítimas realizem transferências, afirmando que teria ficado muito rico com a aplicação. Com suposta vida de luxo, o chinês conta que se mudou para Brasília recentemente e estaria morando no Hotel Royal Tulip, um dos mais sofisticados da capital.


Umas das vítimas do galanteador confirma o mesmo operandi : o homem usa o Tinder para se aproximar delas e, após algumas conversas, diz estar apaixonado.


“Conversamos por duas semanas, e ele dizia que me amava. Ele falava que trabalhava com investimento e não sabia falar português. Nós trocamos muitas fotos, e ele tinha um conteúdo de foto e vídeo que era muito vasto. Mandava fotos dele criança, com amigos e família, mas tudo usando as fotos desse chinês famoso”, afirmou umas das mulheres, que preferiu não se identificar.


Algumas das vítimas afirmam que David pedia fotos íntimas e gostava de saber da vida financeira delas. “Ele dizia que me ajudaria a ficar rica. Falava que queria ajudar financeiramente a mim e à minha filha e, a partir daí, eu comecei a desconfiar. Sempre insistia nesse investimento do bitcoin, dizia que ensinaria tudo”, detalhou outra vítima.


O falso chinês dizia não usar outras redes sociais e sempre abordava as mulheres pelo aplicativo de relacionamento. Também mantinha uma conversa íntima e agradável com as vítimas por semanas e, depois do vínculo criado, partia para o golpe financeiro.



União


Após descobrir que se tratava de um perfil fake, a vítima cortou relações com o golpista e avisou todas as mulheres que seguiam David. “Uma menina chegou no meu Instagram e disse: ‘Nós demos match no mesmo cara no Tinder, o David. Bom, ele está mentindo, se passando por um astro chinês’. Depois que ela disse isso, tudo fez sentido”, lamentou


O homem mantinha conversas diferentes com as mulheres, mas todas afirmaram que ele insistia no investimento em bitcoin. “Com certeza, trata-se de um golpe financeiro. Faz a gente confiar nele, pede dinheiro e fala que vai aplicar para a gente. Ele disse que entendia tudo do mercado financeiro”, reclamou uma das vítimas.


As seis mulheres que quase caíram no mesmo golpe criaram um grupo no WhatsApp com o objetivo de prestar apoio umas às outras e evitar que mais pessoas acreditem em David. “Queremos alertar as mulheres. É muito ruim ser passada para trás, acreditar em alguém e cair em um golpe. Não queremos que isso aconteça com ninguém”, destacou uma delas.



Mais informações: metropoles

Nenhum comentário