Últimas

Polícia Federal cumpre mandados de apreensão e prisão em Manaus e Presidente Figueiredo


A ação recebe o nome de ‘Corredeira Inflamável’ e apura fraude e desvio de recursos públicos no Amazonas



Uma operação da Polícia Federal está em andamento nesta quinta-feira (8), em Manaus e no município de Presidente Figueiredo. As equipes investigam crimes de fraude em licitação e desvio de recursos no contrato de fornecimento de combustíveis para a prefeitura de Presidente Figueiredo (AM) em 2019.


São 10 mandados judiciais de busca e apreensão e quatro de prisão temporária, ambos expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal do Amazonas – para três endereços de presidente Figueiredo e outros para a capital, com concentração dos agentes no condomínio Maison Ephigênio Salles, localizado no bairro Aleixo, zona Centro-Sul.



Segundo as investigações, apesar de ter sido uma exigência do contrato a instalação de tanques de combustível na sede do município, apurou-se que a empresa contratada não possui posto de gasolina, tampouco licença para operar no município de Presidente Figueiredo, tendo subcontratado toda a prestação de serviços.


Além de ter terceirizado o serviço de fornecimento de combustível, constatou-se um superfaturamento de R$ 3,9 milhões pelo pagamento por combustíveis em quantidade superior à efetivamente consumida.”


A PF ainda identificou fraude na licitação, porque a empresa vencedora do processo beneficiou a outra concorrente com a transferência de cerca de R$ 249 mil. Há indícios, ainda, de que a empresa contratada, à medida que recebia os pagamentos da Prefeitura Municipal, desviava os valores para um grupo de empresários.


Mais informações serão apuradas 




Nenhum comentário