Últimas

RECEITA FEDERAL APREENDE DROGAS DENTRO DE MALA NO AEROPORTO EDUARDO GOMES




Manaus- As Equipes de Vigilância e Repressão e da Bagagem da Alfândega da Receita Federal no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, com apoio da Equipe K9 da Receita Federal em Manaus, realizou hoje (7/6) atividades de fiscalização e controle aduaneiro em bagagens saindo de Manaus que resultaram na apreensão de 6 quilos de Skunk.


Após as Equipes da Receita Federal realizarem procedimentos de análise de risco aduaneiro, identificaram bagagem de pessoa física suspeita saindo de Manaus com destino a outro estado brasileiro. Por existirem suspeitas de presença de drogas na mala a Equipe K9 da Receita Federal em Manaus foi acionada e com a atuação do agente canino Odin foi confirmada a suspeita da fiscalização.


Com a verificação física da bagagem se constatou a presença de seis (6) tablets contendo no total seis (6) quilos de Skunk. Com a intenção de burlar a fiscalização a droga estava escondida na mala de passageiro que estava saindo de Manaus/AM com destino à Juiz de Fora/MG.


As drogas apreendidas foram entregues à Polícia Federal para análises e procedimentos administrativos e legais cabíveis. O passageiro responsável pela mala foi preso.



Atuação da Receita Federal


A Receita Federal também alerta que muitos casos de contrabando e descaminho, considerados pela população como crimes “menores”, estão ligados ao crime organizado que atua nas fronteiras brasileiras. Essas organizações criminosas, que promovem tráfico internacional de drogas, armas e munições, utilizam-se do mercado ilegal de produtos como forma de financiamento para suas ações. É importante que a população se conscientize de que o que pode parecer uma “pequena transgressão” traz grandes prejuízos ao país, contribuindo inclusive para a deterioração da segurança pública.


A Alfândega do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes permanece, durante a pandemia de Covid-19, realizando normalmente suas ações de combate ao contrabando e descaminho na cidade de Manaus.



*Assessoria de Comunicação da Receita Federal em Manaus

Nenhum comentário