Últimas

Homem que abusou sexualmente da própria filha é preso após descumprimento de medida protetiva

Descumprimento ocorreu em 2019, quando a vítima foi prestar depoimentos em um fórum da capital


 

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), cumpriu, na tarde de terça-feira (9), por volta das 15h, mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 41 anos, após ele descumprir medida protetiva de afastamento pelo estupro de vulnerável praticado contra a sua filha. O crime ocorreu em 2019, quando a vítima tinha 13 anos. 

 

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Depca, o homem já respondia na Justiça pelo estupro de vulnerável cometido contra sua filha. Segundo a autoridade policial, os pais da adolescente são separados e, na ocasião desse crime, ela ficou alguns dias com o pai, ocasião em que ele aproveitou para cometer os abusos. 

 

Após a polícia tomar conhecimento do crime, ele passou a responder na Justiça pelo delito. Além disso, houve também uma medida protetiva de afastamento em favor da vítima, porém esse indivíduo descumpriu a ordem judicial em janeiro de 2019, quando ela foi prestar depoimento em um fórum da cidade, na tentativa de convencê-la a desmentir os relatos”, informou Joyce. 

 

Ordem judicial


Com base nisso, foi solicitado à Justiça mandado de prisão preventiva em nome dele, e a ordem judicial foi decretada no dia 26 de outubro deste ano, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes. “Ele foi preso em um centro comercial localizado na zona centro-sul de Manaus”, comentou a delegada. 

 

Procedimentos


O homem irá responder por descumprimento de medida protetiva de afastamento, e será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

Nenhum comentário