Últimas

Homem que ofereceu doce para estuprar deficiente é preso



A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (14), em Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal, um homem condenado e foragido da Justiça por estuprar uma jovem com deficiência em uma escola no Gama, há 22 anos. Na época do crime, a vítima tinha 13 anos. Para atrair a adolescente, o agressor ofereceu doce a ela.


O suspeito foi condenado por estupro de vulnerável em 2010. Ele recebeu pena de 8 anos e 3 meses de prisão. O autor trabalhava como pedreiro na escola onde o crime aconteceu – a vítima estudava lá.


Depois de oferecer doces, o homem conseguiu atrar a menina para um barraco nos fundos da instituição, onde a violentou. Logo após o crime, ele fugiu. Agora, ele está preso na CDCCP (Divisão de Controle de Custódia).


Em 2021, pelo menos 460 jovens com menos de 14 anos foram alvo de estupro no DF, de acordo com os registros da Secretaria de Segurança Pública. Em 86,6% das notificações, as vítimas eram meninas. Em 75,5% das situações, os crimes ocorreram dentro de casa.




*Com informações R7

Nenhum comentário