Últimas

Jovem é morto pelo próprio irmão após briga por causa de ventilador; adolescente ameaçou tirar bebê de irmã grávida no “soco”

O jovem Jhonata Marques, de 23, foi morto a facadas pelo próprio irmão Gabriel Marques, um adolescente de 17 anos, após uma briga em família por causa de um ventilador.

O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (23) de fevereiro, no Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá (SP).

Segundo a irmã deles, Rosineide Marques, os dois começaram a discussão pelo WhatsApp quando ela tentou intervir e também foi ferida.


Após ir até o quarto onde estava o ventilador, ela percebeu que Gabriel tinha cortado os fios. O irmão mais novo disse que se ele não ia usar o eletrodoméstico, o irmão mais velho também não iria. O adolescente ameaçou a irmã que, nesse momento, deu um soco nele e o pegou pelo pescoço, para que ele parasse de brigar.

Em seguida, Rosineide, que está grávida de quatro meses, revelou que Gabriel chutou a barriga dela e ameaçou tirar seu bebê “no soco”.

“Ele disse para o meu marido: ‘segura a tua mulher, porque senão vou bater nela’. Ele ainda falou ‘sai daqui, senão vou tirar teu filho no soco'”.

Jhonata não gostou da atitude e pediu para Rosineide dar uma volta de carro, para sair de perto. Foi quando o mais novo tirou uma faca da cintura e acertou um golpe no peito do irmão. Jhonata morreu nos braços de Rosineide e não teve tempo de ser socorrido. 

Os familiares acreditam que Gabriel estava premeditando matar o irmão, pois em 2021 ele havia prometido assassiná-lo. A polícia militar foi acionado e Gabriel foi encaminhado para a Fundação Casa de Garujá, mas prometeu que quando deixar o local mataria os outros dois irmãos que ficaram e o cunhado.

Nenhum comentário