Últimas

Vereador Rodrigo Guedes declara guerra contra CMM para barrar aumento do Cotão


Após o desembargador Paulo Lima revogar os efeitos da decisão da juíza Etelvina Lobo, que suspendia o reajuste de 83% da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP),o Cotão, o vereador Rodrigo Guedes (Republicanos) garantiu que vai recorrer a decisão e declarou guerra contra a Câmara Municipal de Manaus (CMM) a favor da população.


Na decisão do desembargador foi deferida no fim da tarde da última quinta-feira (28), o desembargador Paulo Lima afirmou que caso o Cotão “não aumente a CMM sofrerá danos irreparáveis”.


O vereador Rodrigo Guedes, um dos autores da ação, garantiu que irá recorrer a decisão uma vez que o aumento de 83% do Cotão é imoral e um desrespeito com a população. 


“Recebi com grande surpresa a decisão do desembargador Paulo Lima, uma surpresa negativa. E apesar de respeita a justiça, deixo claro que vamos recorrer a decisão e impedir que o aumento imoral do Cotão vigore na Camara Municipal. Convoco novamente a população a dizer não ao aumento. A partir desse momento declaro guerra contra a Câmara Municipal a favor da população, pois o aumento desrespeita a população que sofre com preços abusivos de alimentos, combustível e até medicamentos e não possuem aumentos de salários. O aumento de 83% do Cotão é absurdo e acima de tudo imoral. Não vou deixar passar!”, declarou.




Foto:  Mello

Nenhum comentário