Últimas

Maternidade Balbina Mestrinho comemora 61 anos de história com inaugurações

O núcleo de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e o miniauditório foram inaugurados durante a solenidade de aniversário da unidade


O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), realizou, nesta terça-feira (31/05), a inauguração de novos espaços na Maternidade Balbina Mestrinho, na zona sul de Manaus, em comemoração aos 61 anos de fundação da unidade. A maternidade mais antiga do estado, referência em atendimento de média e alta complexidade, ganhou um núcleo de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) e um miniauditório.



Fizemos, em nome do governador Wilson Lima, várias entregas no dia de hoje. O SESMT vai melhorar muito a relação e a segurança dos servidores. Entregamos vários equipamentos e a maternidade está desenvolvendo um projeto pioneiro, em parceria com uma instituição de São Paulo, para crianças que nasceram com dificuldade de respiração”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad.

 

Durante a solenidade de aniversário, também foram realizadas homenagens aos coordenadores e à técnica de enfermagem Maria José Pereira, que atua há 35 anos na maternidade. 

 


O núcleo de SESMT tem como objetivo assegurar a integridade física dos trabalhadores dentro da unidade, que reúne 822 servidores, e prevenir contra acidentes de trabalho e doenças ocupacionais. O novo miniauditório tem capacidade para cerca de 40 pessoas. Além dos novos espaços, as autoridades e convidados visitaram o Centro de Parto Normal Intra-Hospitalar (CPNI), a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) e o painel de atividades da unidade realizados em 2021.

 

Equipamentos

 

Na ocasião, a SES-AM realizou a entrega de novos equipamentos para a maternidade, como incubadora, gasômetro, monitor, incubadora de transporte, divã, maca de transporte, bomba de infusão, bomba de seringa, cardioversor, bomba de vácuo. Com os itens será possível ativar novos leitos da Utin.

 

Exposição

 

A maternidade apresentou o projeto de Hipotermia Induzida com a médica e idealizadora da iniciativa, Natali Giselle Salim. A terapia consiste no resfriamento corpóreo iniciado dentro das seis primeiras horas de vida, com o objetivo de evitar sequelas neurológicas em recém-nascidos que sofreram asfixia neonatal. O projeto é pioneiro na região Norte e Nordeste e será implantado na unidade. Os equipamentos foram adquiridos em parceria com a Central de Medicamentos do Amazonas (Cema).

 


E vem justamente para ajudar nesse processo de redução da morbimortalidade neonatal no nosso Estado. Esses bebês, principalmente aqueles da alta complexidade, ao nascerem, têm uma tendência à hipertermia, então eles são selecionados, criterizados para que possam ser induzidos à hipotermia, reduzindo, assim, danos cerebrais, que comumente acontece na alta complexidade com aqueles bebês prematuros”, ressaltou a diretora da maternidade, Rafaela Faria.

 

História

 

A Maternidade Balbina Mestrinho foi inaugurada em 14 de maio de 1961, mas o nome foi substituído para maternidade Ana Nery em 1967. Em 1994, a unidade foi reinaugurada com o nome original. A maternidade está localizada no bairro Praça 14, na zona centro-sul de Manaus.

 

FOTOS: Rodrigo Santos/SES-AM

 


 




Nenhum comentário