Últimas

Novo espaço de eventos do Restaurante Terra & Mar se torna palco do 11ª Seminário Pan-amazônico

 

Na ocasião o chef. Dedé Parente, do grupo Dedé, recebeu a Medalha Grandes Amazônidas

 

No dia 05 de maio, no salão de eventos do restaurante Terra & Mar, a Associação PanAmazônia realizou o Seminário Pan-amazônico - "Ativando a Economia Regional: Alternativas e Vocações Produtivas da Amazônia", coordenado por Belisário Arce, Diretor executivo da entidade. O tema do seminário foi o papel do empresariado no processo de transformação da riqueza natural em ganhos econômicos e consequente melhoria da qualidade de vida das populações da Amazônia.


Participaram do evento palestrantes de destaque, todos membros associados à PanAmazônia, como Jaime Benchimol, Presidente da Sociedade Fogás; Muni Lourenço, Presidente da Federação da Agricultura do Estado do Amazonas; Romero Reis, Presidente do Grupo RD Engenharia; Sebastião Campos, Presidente da Federação do Comércio do Pará; Caroline Low, Superintendente da SUDAM; Paulo D'Carli, Diretor da Dessana Mining; e Lídia Abdalla, CEO do Laboratório Sabin. O evento foi aberto ao público, com capacidade para 100 pessoas, sem necessidade de inscrição prévia.


Na ocasião o Chef Dedé Parente, sócio fundador do Grupo Dedé, foi homenageado com a Medalha Grandes Amazônidas. “Receber um prêmio da PanAmazônica, onde estão os maiores empreendedores que promovem o desenvolvimento da Amazônia, como Jaime Benchimol e tantos outros, é uma grande honra por eu ser reconhecido como um deles e também fico feliz de saber que o Grupo Dedé, direta e indiretamente ajuda no desenvolvimento da Amazônia. A felicidade é duplamente por participar do evento e ser em uma de nossas unidades, onde inauguramos recentemente um salão para eventos que está sendo apresentado para a sociedade amazonense, tenho muito orgulho disso”, afirma Dedé Parente.


Foi esperado que o evento contribua para o debate sobre as razões pelas quais as vastas riquezas naturais da região não se transformem em ganhos econômicos e renda para as populações amazônicas. O evento contou com um debate sobre a necessidade de mudar essa realidade e criar um ambiente que favoreça o surgimento de uma economia forte, abrangente e bem estruturada.

Os palestrantes apresentaram o estágio atual de diversos setores produtivos na Amazônia, relatando avanços, obstáculos, e partilhando experiências, assim como debater estratégias para avançar rumo à construção de um ambiente favorável ao surgimento de uma economia gigantesca na Amazônia e suas regiões.

 

Nenhum comentário