Últimas

Prefeito David Almeida acompanha ultramaratona e destaca importância do fomento do turismo esportivo em Manaus


O prefeito de Manaus, David Almeida, acompanhou, neste domingo, (29), a ultramaratona “24 Horas de Corrida – Parque Mosaico”, no condomínio Parque Mosaico, localizado no bairro Planalto, na zona Centro-Oeste, que contou com o apoio da prefeitura, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). O chefe do Executivo municipal correu, na categoria de Revezamento, ao lado atletas de alta performance de Manaus e de mais oito Estados do país, e destacou a importância do fomento do turismo esportivo em Manaus.

 

Trabalhar a qualidade de vida por meio do esporte é uma das metas a serem alcançadas pela Prefeitura de Manaus, e ao investir em eventos como este, nós estamos alcançando as nossas metas, de trabalhar a transversalidade, saúde e esporte, isso atrai atletas de outros Estados e outras cidades e faz com que Manaus possa se destacar como uma cidade do turismo esportivo” enfatizou Almeida.

 

Com mais de 500 atletas inscritos, o evento buscou incentivar a saúde, a prática de esporte e o turismo esportivo em Manaus, e contou com a chancela da International Association Ultramarathon (IAU) e da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT), e teve como objetivo ser seletiva para compor a Seleção Brasileira de Ultramaratona de 24 horas para participar do mundial da modalidade, que ocorrerá no mês de setembro, em Verona (Itália), e do intercontinental, que acontecerá em São Paulo (SP), em novembro.


 


De acordo com o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, o fomento ao turismo esportivo tem sido uma das principais ações do município.

 

“Nosso objetivo é tornar Manaus uma das potências do turismo esportivo no país, já estamos trabalhando para em outubro realizar a Maratona Aquática da Amazônia, em alusão ao aniversário da cidade”, contou Oliveira.

 

“Esse evento é diferenciado e muito importante porque ele classifica e oportuniza aos atletas da região Norte, principalmente de Manaus, a buscar o índice para disputar junto com os atletas do Sul e Sudeste e compor a Seleção Brasileira de Ultramaratona. Então, essa oportunidade seria muito mais complicada, se os atletas tivessem que ir para uma prova fora. Além disso, o evento ainda gera turismo, porque vêm competidores de outros Estados como Roraima, Pará, Rondônia, São Paulo, Ceará, Rio Grande do Norte e Brasília, tentar esse resultado aqui” disse o organizador do evento, James Júnior.


Fotos: Ruan Souza/Semcom 


Nenhum comentário