Últimas

Major da PM agride empregada doméstica após chegar atrasada no trabalho

O major da Polícia Militar Bruno Chagas está sendo investigado pela Polícia Civil por agredir uma empregada doméstica dentro do elevador do prédio em que mora, no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.

A câmera de segurança do elevador do prédio registrou o momento em que Bruno dá um tapa na cara da mulher. O caso aconteceu no dia 18 de julho.

Segundo a vítima, a agressão aconteceu porque o PM ficou irritado após ela ter chegado atrasada para o serviço e antes da agressão ser registrada, o militar já estava a ofendendo verbalmente. O homem teria alegou que caso ela o denunciasse nada iria acontecer, por ele ser major.

A vítima não teve medo e denunciou o caso a Corregedoria, que abriu uma investigação sobre o caso. Nesta segunda (25), a vítima esteve na delegacia para solicitar uma medida protetiva contra o militar.

Nenhum comentário