Últimas

IMAGEM FORTE! Motorista de aplicativo é assassinado a facadas pelo atual marido de ex-esposa no Conjunto João Paulo 2, Zona Norte de Manaus

 O motorista de aplicativo Hudson Oliveira da Silva, 33, foi assassinado por volta das 20h30 da noite desta terça-feira, 13, com várias facadas pelo corpo.


O crime aconteceu na Rua Frei José de Leoniza, Conjunto João Paulo 2, bairro da Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.


Um homem identificado como “Robson” que é o atual marido da ex-esposa do motorista de aplicativo foi o autor do assassinato e está foragido.


De acordo com a versão de testemunhas Hudson foi procurar pela ex-esposa em sua casa e foi recebido de forma bastante agressiva por “Robson”.


Os dois homens discutiram, trocaram agressões físicas e o motorista de aplicativo foi atingido com dois golpes de faca empunhada por “Robson”.


O autor das facadas fugiu do local depois de golpear o ex-marido de sua mulher duas vezes no lado direito das costelas.


Hudson foi levado agonizando para o Serviço de Pronto Atendimento do Galiléia mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.


A ex-mulher de Hudson não estava em casa no momento que ele foi esfaqueado, mas está confirmado que ele nunca a deixou em paz.


Depois da separação a ex-mulher ficou sendo perseguida e teve que procurar a polícia para registrar queixa contra Hudson.


Recentemente a ex-mulher havia conseguido na Justiça Estadual uma medida protetiva, mas continuava sendo importunada por ele.


Mesmo tendo se casado de novo a ex-mulher vivia sendo perseguida e na noite desta terça-feira o final dessa separação acabou sendo sangrento e mortal.


Os policiais da Delegacia de Homicídios e Sequestros confirmaram que “Robson” matou Hudson e agor é acusado de assassinato.


O corpo do motorista de aplicativo foi removido do necrotério do SPA do Galiléia por volta das 22h pela equipe do Instituto Médico Legal (IML)







Nenhum comentário