Últimas

Cooperação técnica entre Prefeitura de Manaus e hospital Adriano Jorge assegura serviços a pacientes da Atenção Básica

A Prefeitura de Manaus, representada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), assinou um acordo de cooperação técnica com a Fundação Hospital Adriano Jorge (FHAJ), instituição da estrutura da rede estadual de saúde, na manhã desta quinta-feira, 16/12. Na prática, o termo possibilita que os dois órgãos promovam o intercâmbio de profissionais e a prestação de serviços, como exames e procedimentos cirúrgicos em pacientes atendidos nas unidades da rede municipal de saúde. Inicialmente, o acordo terá a duração de 12 meses, podendo ser prorrogado por mais períodos.

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, destacou a importância dessa cooperação para os usuários da atenção básica. “Se abre mais uma porta para a população, que poderá ter acesso a serviços mais especializados como fisioterapia, hidroterapia e vasectomias, que apresentam uma procura considerável na rede básica de saúde. Isso é muito importante para a melhoria dos serviços da atenção primária à saúde. Por meio desse termo de cooperação, vamos poder estender essa demanda ao hospital Adriano Jorge”, disse.

O diretor-presidente FHAJ, Ayllon Menezes de Oliveira, destacou que, na prática, é mais um elo na cadeia de cooperação entre a saúde estadual e municipal.

“São demandas reprimidas em todo o Estado. Há uma quantidade grande de pacientes e não há o serviço, ou às vezes, há o serviço, mas não temos o profissional. Com esse termo, teremos condições de eliminar essas faltas e prestar o serviço aos pacientes. O termo possibilita ainda a inclusão de outros serviços, que são oferecidos pela Fundação Adriano Jorge, como o raio X panorâmico da coluna vertebral, que na rede pública do Amazonas só é realizado lá, entre outros que estejam disponíveis e que poderão ser oferecidos por meio da parceria com a Prefeitura de Manaus”, informou.

O subsecretário de Gestão da Saúde da Semsa, Djalma Coelho, ressaltou que o objetivo, com esse termo de cooperação, é ampliar as ações assistenciais à saúde, suprindo as carências que cada instituição tenha.

“Dessa forma, vamos poder associar os meios disponíveis, como por exemplo, um equipamento para um eletroencefalograma que o Adriano Jorge tem, mas que falta o profissional para operá-lo, e a Semsa tem esse profissional. Será essa a finalidade dessa cooperação: a troca de serviços e profissionais para beneficiar a população de Manaus”, explicou.

Nenhum comentário