Últimas

Filho diz que matou para 'aliviar sofrimento' do pai cadeirante

Preso suspeito de matar o próprio pai disse à polícia que cometeu o crime para aliviar a dor do idoso, que era cadeirante, no Jardim Guanabara, em Dourados. Josué Vitorino do Nascimento, de 72 anos, foi esfaqueado e teve o corpo queimado pelo filho, Valcedi Vitorino do Nascimento, 50 anos. 


O filho foi preso pela polícia, no final da manhã desta terça-feira (15), assim que foram achados vestígios do crime, na casa dele. 


Segundo o Dourados News, logo que foi descoberto, Valdeci disse que o crime serviu para ajudar o pai, que há anos vivia em uma cadeira de rodas. 


Problemas


O irmão de Valdeci contou ao Dourados News que o suspeito é alcoólatra e mistura bebida com remédios controlados. 


Os restos mortais de Josué foram achados nos vestígios de uma fogueira acesa, no quintal da residência. 


Investigadores e peritos acreditam que o crime tenha ocorrido na noite de domingo (13) e o corpo queimado na segunda-feira (14). 



*Com informações Top mídia 

Nenhum comentário